Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

The real deal

Engana-se quem acha que mulher dá crédito para a embalagem. Mulher gosta mesmo é de conteúdo! Bem diferente de como funciona a cabeça (e os países baixos) do sexo masculino - que só enxerga peitos e bundas. E o melhor de tudo é que esse critério de escolha feminino é aperfeiçoado com o passar dos anos.

Explico. Quando mais nova, uma carinha bonita podia realmente me impressionar. Insegura, queria um homem lindo para chamar de "meu" - e, principalmente, deixar as amigas morrendo de inveja. Mas a areia vai mudando de lado na ampulheta e percebemos que homem bonito é quase sempre sinônimo de furada (e das boas!).

Já conheci algumas beldades, com cara de catálogo de moda, e fiquei estupefata (não pela beleza deles, infelizmente): metidos (se acham o rei da cocada preta), sem papo (afinal, com uma beleza dessas, como acreditar que precisam de outro artifício para conquistar as mulheres?) e grosseiros (acham que todo mundo que se aproxima quer esmolar um beijo). A única exceção foi um Deus grego que conheci no carnaval de 94 (no Minas Clube, após aquele nojento "banho de espuma"), gente finíssima, mas com uma voz de sou-maricas-só-meus-pais-não-sabem.

Com isso, fui desenvolvendo um gosto apurado pelos caras feios-mas-gente-fina.

Hoje, quero estar ao lado de alguém que me faça rir, tenha papo gostoso e goste de mim pra valer. Só. Bem diferente do meu ideal adolescente do que era um bom partido, o tal príncipe encantado, montado em cavalo alado (bonito, inteligente, rico, talentoso, sensível...). Obviamente, a atração física conta muito (e o sexo também!!)! Mas ela pode nascer de coisas tão simples e sutis como a forma que o cara joga o cabelo para trás ou como ele te olha depois de um longo beijo.

Então, de que vale o tanquinho se ele não rende horas de bom papo? De que valem os bíceps se eles não te fazem rolar no chão de tanto rir? De que vale o peitoral a la Schwarzenegger se ele não te faz sentir a pessoa mais especial do mundo?

Por isso, viva a barriga de chope, os fios brancos e o peito cabeludo. Se o recheio do pacote forem as coisas certas (bom papo e tratamento de primeira), você, definitivamente, ganhou na loteria do amor!

Minha mais sincera e absoluta devoção aos HOMENS DE VERDADE!

By Mari Abreu

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi,

eu tenho um amigo gente finíssima, educado, bom caráter MESMO, 37 anos, quer casar, bom de papo, inteligente, servidor público, professor, bom filho, solteiro, sem filhos...mas... feiiiiiiiiiiio.
Já tentei descolar amigas pra ele, amigas dos 30 e poucos, loucas para casar,mas nenhuma topou, tem solução pra ele ?

Lia.

Lígia disse...

É... preciso concordar com você... mas na loteria que ganhei, veio o kit completo, inclusive a 'cara de catálogo'... Adoro seus textos, amore!!

tonny disse...

BOOOOOOOOOOOOOOOOOA. hehehe

Postar um comentário